Dieta na Mão

💁“Vou na nutricionista pegar uma dieta”
🤷“Sabendo o que eu tenho que comer vai ficar mais fácil”

E aí você pega a dieta, começa animada nas primeiras semanas. Mas logo desanima, deixa de seguir e decide não voltar… afinal, o que você vai dizer?
Você já “sabia o que fazer” e não fez. 😔

 Você já passou por essa situação? Tenho muitos pacientes que já! 🙈😂

 Queridos! Salvo raras exceções, não é um papel que vai mudar o teu hábito alimentar!
Não é do dia para a noite!

Deixa eu dar algumas dicas para aumentar tua chance de sucesso:
✔️ Decida mudar quando for o SEU momento de mudar. Ir empurrado por mãe/marido/esposa tem grande chance de fracasso.
✔️ Seja totalmente sincero com seu nutricionista. Se você diz que tá topando tudo… o plano alimentar vai ser bem regrado!
✔️ Esqueça aquela besteira de “8 ou 80”. Comeu besteira hoje? Segue a rotina amanhã!
✔️ Não seguiu 100%? E quem disse que consulta com nutricionista é pra colocar uma estrelinha no seu mural? 😂 O objetivo é exatamente te ajudar a chegar lá. O que podemos mudar/ajustar para ter resultados melhores? Aqui sinceridade com o nutri continua fundamental!
✔️ Foca nas mudanças. Foca no processo! Deixa o peso como uma consequência que dá certo! 🙏

E por aí? Você vive em efeito sanfona? Ou já conseguiu passar por esse processo? Conta pra gente teu segredo! 😅😘

Açúcar antes dos 2 anos?

Hoje vou contar algo não politicamente (ou nutricionalmente mesmo 🤔) correto e que pouca gente sabe: Eu já dei açúcar pra minha filha!
Sim, antes dos dois anos, que é a recomendação oficial da OMS (Organização Mundial da Saúde)!

Não quero falar mal das recomendações oficiais e nem te incentivar a dar açúcar pro teu filho que tem menos de 2 anos. Só te fazer pensar e compartilhar um pouco do que acredito.

Acredito muito na seguinte frase: “O exemplo não é uma forma de ensinar. É a única!” 🙏

Não me vejo dando fruta pra ela e me acabando no chocolate branco. 😂Por isso, procuro – o máximo possível, claro -manter uma alimentação legal pra que a alimentação dela seja a alimentação da família (que, aliás, é a recomendação a partir de 1 ano).

Sendo assim, rolam exceções com açúcar na alimentação da família e, consequentemente, algumas dessas vezes também na alimentação dela: já teve sorvete artesanal, bolo de festa e, com mais frequência, chocolate 70% cacau e bolinhos integrais com açúcar mascavo ou de coco. Que eu também como mais. Pra ela sempre porções bem pequenas. 😝😂

E ela PRECISAVA comer essas coisas? Não. Mas faz mal dar isso tão eventualmente? Eu penso que Não! Apesar de ela estar em fase de formação de paladar, ela não tem acesso a esses alimentos no dia a dia. Portanto a rotina segue: frutas, ovo, iogurte natural com fruta, legumes, arroz, feijão… e leite materno são a base por aqui.

Já vi TANTOS casos em que dar um pedacinho de chocolate ou bolo era um super tabu mas a “bolacha da vaquinha” era normal! 🙈 Você também deve conhecer!

 Portanto:
Leia a lista de ingredientes, ofereça alimentos diferentes, priorize os alimentos in natura, continue oferecendo de outras formas as frutas e verduras que seu filho rejeita… mas, não surte com exceções.
Seu filho vai comer o que estiver disponível para ele comer! Foque – continuamente – nos bons hábitos da família! 🙏😘

 Me conta: você concorda comigo ou discorda? 😉

Efeito platô

Já ouviu falar em efeito platô? Ou pior… já sentiu na pele esse efeito?

Chamamos de efeito platô quando começamos a emagrecer, continuamos mantendo o controle alimentar mas mesmo assim… a perda de peso não evolui. Estaciona! Gravei um vídeo pra te explicar as causas desse efeito e o que fazer para retomar a perda de peso! 

Endometriose

Nem só de romance vivemos! Né? 😝

Por isso hoje vou começar a responder as dúvidas que recebi no meu vídeo semana passada (responde lá – ainda dá tempo! 🤗) e começo por essa: Endometriose!

Essa já foi uma doença bem mais desconhecida. Infelizmente hoje é bastante comum! Nela ocorre a proliferação do endométrio fora da cavidade uterina, podendo até mesmo invadir bexiga e/ou intestino.

Não se sabe exatamente a causa, mas se acredita em uma combinação de fatores como hereditariedade e exposição a contaminantes ambientais, como os ftalatos.

A endometriose se associa a redução na fertilidade, podendo prejudicar mais ou menos dependendo da sua gravidade. Aumenta ainda o risco de câncer de ovário e de mama.

O tratamento tradicional é medicamentoso e/ou cirúrgico. Mas atualmente sabemos que a Nutrição pode auxiliar muito na prevenção, no tratamento e na melhora da fertilidade!

Alguns destaques do ponto de vista nutricional:
✔️ Importante garantir níveis ótimos de vitamina D (o que para a maioria de nós significa utilizar suplementação).
✔️ Por sua ação antiinflamatória o ômega 3 também é super importante. Tanto via alimentação quanto através de uma boa suplementação.
✔️ Fontes de magnésio também são importantes! Invista no consumo de verdes!
✔️ Ingerir alimentos com ação antiinflamatória e antioxidante é super importante. Alguns exemplos interessantes: cúrcuma (açafrão), gengibre, pimenta, chá verde.
✔️ Fugir dos industrializados e do açúcar!
✔️ Ter um peso saudável e praticar atividade física!
✔️ Ter um intestino saudável. A suplementação de probióticos (bactérias boas) e o consumo de prebióticos (fibras alimentares) é super indicado!

Mas Ana… não é fácil não heim! 😪
Não, não é. Mas quem sofre com endometriose sabe que a doença é ainda mais difícil e muitas vezes traz dores incapacitantes!
Procure um nutricionista funcional para te auxiliar nessa mudança de estilo de vida, de hábito alimentar e no uso de suplementações. 😊

PS: marca a sua amiga que sofre com endometriose. 😘

Gastrite

Você sente (ou já sentiu) sintomas como dor no estômago, queimação e má digestão? Você pode ter gastrite! Saiba como identificar, prevenir e tratar! 

Um pouquinho do meu passado

Final da infância/início de adolescência: aquela época em que a gente – naturalmente – tem milhares de dúvidas e neuras na cabeça.

Na época, junto a isso se somava a minha obesidade.
Na escola eu ouvia: baleia assassina, rolha de poço… (aos jovens: na época se falava isso e bullying era comum… 31 anos migos 😂). E em casa eu também ouvia: boto cor de rosa! 🙄😔

E eu? Respondia. Revidava. Xingava de volta.

Mas a verdade é que depois eu chorava. Me sentia péssima. Tinha vergonha. Me escondia. Pensava se algum dia alguém gostaria de mim daquele jeito. E aí comia mais!

Não lembro exatamente o ponto em que senti a urgência da mudança. Mas ela veio! Eu precisava fazer algo por mim. Só eu podia fazer isso.

Na época (no auge da minha maturidade de 12 anos) pedi para a minha mãe uma esteira de Natal. Comecei a caminhar, a não comer besteiras (bolacha recheada e refrigerante eram comuns na época) e a tentar reduzir a quantidade.

Ninguém me mandou fazer isso. Pelo contrário. Meus pais diziam que eu era “bonita gordinha” e o que não faltava era bolacha recheada nos armários.

Mas eu consegui. Num processo lento e gradual fui reduzindo besteiras e acrescentando mais frutas e vegetais na minha rotina. Fui melhorando minha relação com a alimentação. Fui melhorando minha relação comigo mesma.

O que eu quero te dizer com tudo isso? Que se eu consegui, sem muito apoio e sem muita maturidade, você também consegue!
Não é fácil! Não é rápido! Não existe milagre!
Só funciona quando chega o SEU momento de mudar e você decide que não tem mais volta.

Desejo que você consiga a mesma mudança que eu consegui. Profunda e para sempre!! 🙏😘

 

Bolo de frigideira de Banana

Mais uma sugestão de Bolo de frigideira por aqui… até porque um é pouco e dois é bom né! hehe

 Bolinho de frigideira de banana


 Ingredientes:
 1 banana amassada
 2 ovos
 1 colher de sopa de aveia
 1 colher de sopa de farinha de coco
 1 colher de chá de açúcar de coco (pode colocar mais se quiser mais docinho ou substituir por açúcar demerara ou mascavo)
 1 colher de chá (rasa) de fermento

 Preparo:
Amasse a banana e misture todos os ingredientes. Unte uma frigideira antiaderente tipo omeleteira (mais fácil pra virar depois), distribua a massa e tampe. Deixe em fogo bem baixo. Depois vire até assar também do outro lado.
Por cima fui de pasta de amendoim e nibs de cacau.

Que tal? Prepara e me conta!

Bolo de cacau de caneca

Tô #aloka da praticidade! 😂😂
Que tal um bolo de caneca? Testei essa receita da @nutrivanessacascaes e gostei bastante! Sabor bom e bem fofinho! 😋Testa aí também:

Bolo de caneca de cacau


 Ingredientes:
 1 banana amassada
 1 ovo
 1 colher de sopa de cacau em pó
 1 colher de sobremesa de açúcar mascavo
 1 colher de sopa de psyllium (acha em lojas de produtos naturais)
 1 colher de chá de fermento
 Preparo:
Mistura tudo em uma caneca grande, coloca no microondas por 1 min e 20 seg e pronto! 😋

Diabetes Gestacional

O vídeo da semana é sobre Diabetes gestacional. Se você está grávida ou pretende estar em breve venha entender melhor para prevenir essa alteração!

Atividade física

Por aí o exercício regular também é uma meta difícil? Também te exige aquele “esforço extra”?

Por aqui não é diferente! Já até “desabafei” no stories! 😝
Sempre tive dificuldade em manter uma regularidade. Já fiz musculação, dança, pilates (nesse último me achei e fiquei bastante tempo direto).

 Mas aí a Bia nasceu e o que já não era prioridade pra mim ficou “impossível”. Com quem deixar ela? Em que horário ir? E vem a famosa culpa materna e a gente vai se deixando pra depois…

 Não sei qual vai ser a tua motivação, o teu start! Confesso que o meu foi uma avaliação física pela parceira @nutri_keniarosa que identificou mais % de gordura corporal do que eu gostaria. 😂😂 Decidi e iniciei na mesma semana. Iniciei (novamente) com o que eu gosto e com o que é possível pra mim no momento. Tenho feito pilates 2x por semana e musculação (de leve obviamente 🙈) aos finais de semana na academia no prédio.

 O mais importante é que ao decidir começar: comece! Saia de casa e faça! Mesmo sem vontade!

 Pra quem está parado não tem jeito. Você nunca vai acordar um dia morrendo de vontade de se exercitar. A nossa tendência é colocar milhões de empecilhos e ficar em casa. Não é? 🙈

 Mas (juro): chegando lá você faz e vale a pena! E também, aos poucos melhora a disposição e a vontade vem!!

Por aí o exercício regular também é uma meta difícil? Também te exige aquele "esforço extra"?⏩Por aqui não é diferente! Já até "desabafei" no stories! 😝Sempre tive dificuldade em manter uma regularidade. Já fiz musculação, dança, pilates (nesse último me achei e fiquei bastante tempo direto).⏩ Mas aí a Bia nasceu e o que já não era prioridade pra mim ficou "impossível". Com quem deixar ela? Em que horário ir? E vem a famosa culpa materna e a gente vai se deixando pra depois…⏩ Não sei qual vai ser a tua motivação, o teu start! Confesso que o meu foi uma avaliação física pela parceira @nutri_keniarosa que identificou mais % de gordura corporal do que eu gostaria. 😂😂 Decidi e iniciei na mesma semana. Iniciei (novamente) com o que eu gosto e com o que é possível pra mim no momento. Tenho feito pilates 2x por semana e musculação (de leve obviamente 🙈😂) aos finais de semana na academia no prédio.⏩ O mais importante é que ao decidir começar: comece! Saia de casa e faça! Mesmo sem vontade!⏩ Pra quem está parado não tem jeito. Você nunca vai acordar um dia morrendo de vontade de se exercitar. A nossa tendência é colocar milhões de empecilhos e ficar em casa. Não é? 🙈⏩ Mas (juro): chegando lá você faz e vale a pena! E também, aos poucos melhora a disposição e a vontade vem!!

Publicado por Nutricionista Ana Melo em Domingo, 15 de abril de 2018