Carboidrato: pode misturar?

Ah nutri, pode deixar que carboidrato eu não misturo. Quando é batata é só batata, quando é arroz, é só arroz! 

 E aí, será que não pode mesmo misturar os carboidratos?

 Na verdade… pode sim! 
Mas antes de sair comendo arroz com macarrão e farinha me escuta um pouquinho! 

 Cada pessoa tem uma determinada necessidade de carboidratos no dia. Isso vai variar de acordo com idade, peso, altura e principalmente de acordo com o nível, horário, tipo e frequência de prática de atividade física.

 Digamos que, especificamente para você e o seu objetivo, o seu nutricionista recomendou 4 colheres de sopa de arroz integral ou de batata doce no almoço. Nenhum problema nesse caso você comer 2 colheres de sopa de cada um nessa refeição. 😉

 Entende? O problema não está na mistura por si só, como muitas pessoas imaginam, e sim na quantidade total consumida e na qualidade dos carboidratos ingeridos.

 Mas atenção: nada de distorcer esse meu post e ir na casa da vó comer arroz, macarrão, maionese e farofa e achar que vai emagrecer! Ok? 😂😘

Organização na alimentação – parte 2!

Ontem dei algumas dicas de organização pra conseguir seguir com a alimentação saudável.

 Pros dias mais corridos e/ou menos organizados existem ainda aquelas opções mega rápidas de preparar, como omelete ou atum. Por aqui, de vez em quando eles salvam! Né? 😂

 Aí tem saladinha básica (que já tava lavada)  macarrão de feijão (provei hoje e adorei, mas poderia ser outra massa!) com atum – sendo que o molho de tomate bem temperadinho eu já tinha congelado também.
Ou seja: rapidíssimo, gostoso e saudável!  E aí, qual a opção você costuma usar nos dias mais corridos (ou preguiçosos né! Sejamos sinceros! 😝)?

Molho de Tomates Caseiro

No último sábado jantei pizza caseira e preparei um Molho de Tomates Caseiro que ficou uma delíííciaa!
Recomendo testar! 😋

molho de tomates

Molho de tomates caseiro:
Ingredientes

1 kg tomate do tipo italiano ou comum bem maduros
2 cebolas médias cortadas em pedaços grandes
4 dentes alho
1 xícara(chá) salsinha
4 ramos manjericão
1 colher (chá) Sal
1 colher (chá) Pimenta do reino moída (opcional)
0,5 xícara (chá) água

Modo de preparo
Cortar os tomates ao meio e retirar a semente e a parte branca.
Corte cada metade do tomate ao meio novamente.
No liquidificador, colocar a água e bater os tomates, colocando os pedaços aos poucos.
Juntar todos os demais ingredientes e bater.
Leve o molho em uma panela ao fogo médio por cerca de 20 minutos.
Após esse tempo, o molho está pronto para ser utilizado em diversos preparos ou congelado em porções. 😉😘

Macarrão de abobrinha e cenoura

Quem ainda não provou precisa experimentar fazer essa receita!

A abobrinha fica super neutra… parecendo uma massa mesmo! E o que vai dar realmente o sabor vai ser o molho.

Essa ideia é excelente para quem está em dieta com restrição de carboidratos ou para quem busca uma opção leve e saudável de refeição para o jantar.

Primeiro separe 1 abobrinha grande e 1 cenoura pequena (ou 2 abobrinhas para 1 cenoura) e um cortador Julienne:
abobrinha 1

Com esse cortador é o modo mais simples, já que é só ir passando que as tiras vão saindo bem certinhas, mas caso você não tenha é possível fazer com a faca também. Nesse caso corte a abobrinha em fatias finas e depois em tirinhas.

No caso da abobrinha corte até começar a ver as sementes apenas!
Essa parte da polpa é muito molinha e o macarrão não fica com uma consistência boa.
Mas não jogue fora! Você pode utilizar depois por exemplo em refogados com outros vegetais.
abobrinha 2

Aqui tudo já no formato da nossa massa:
abobrinha 3

Aí é só preparar como uma massa comum: levar à uma panela com água fervente até atingir o ponto, escorrer e servir com o molho de sua preferência.
abobrinha 4