Organização na alimentação – parte 2!

Ontem dei algumas dicas de organização pra conseguir seguir com a alimentação saudável.

 Pros dias mais corridos e/ou menos organizados existem ainda aquelas opções mega rápidas de preparar, como omelete ou atum. Por aqui, de vez em quando eles salvam! Né? 😂

 Aí tem saladinha básica (que já tava lavada)  macarrão de feijão (provei hoje e adorei, mas poderia ser outra massa!) com atum – sendo que o molho de tomate bem temperadinho eu já tinha congelado também.
Ou seja: rapidíssimo, gostoso e saudável!  E aí, qual a opção você costuma usar nos dias mais corridos (ou preguiçosos né! Sejamos sinceros! 😝)?

Arroz de couve-flor

Buscando uma jantinha leve? Faz arroz de couve-flor! 

Bem simples!
 Passe a couve-flor crua no processador (ou rale!). Em seguida refogue com azeite cebola e alho, acrescente a couve-flor processada e cubra com água (como se estivesse fazendo arroz mesmo). Acrescente sal e curry. 

arroz de couve-flor

Salada de grão de bico

Hoje cozinhei grão de bico. Metade virou patê e a outra metade virou esse saladão mara que foi o meu jantar: mega nutritivo e delícia!

salada grão de bico

 Depois de cozinhar o grão de bico (deixar de molho e cozinhar na panela de pressão por 15 min após pegar pressão) misture-o com o que tiver em casa!

Fui de cebola, tomate, rabanete e cenoura ralados, alface e salsinha. Sal, orégano, azeite, limão e pimenta de leve pra finalizar.  Acrescentei 2 ovos cozidos pra dar mais um Up!

Jantar engorda?

Afinal: jantar engorda ou não? O que é mais saudável comer nessa refeição? Confere no vídeo de hoje!
Não esquece de compartilhar com quem não sabe e deixar sua sugestão de tema para os próximos vídeos!

Tabule de quinoa

Pensem numa receita muuuuito saborosa pra dar aquele Up na salada de cada dia! Recomendo fortemente! 😍😋

Tabule de quinoa:
Ingredientes:
1 xícara de quinoa em grão (usei um mix)
1 xícara (chá) de salsinha picada
1 ramo de hortelã
1 tomate picado
1 cebola pequena picada
Suco de 2 limões
1/3 xícara (chá) de azeite de oliva extra-virgem
Sal marinho à gosto
Pimenta do reino ou moída à gosto

Preparo:
Cozinhe a quinoa na água (2 xícaras) e sal até secar a água.
Deixe a quinoa esfriar (se preferir frio armazene em geladeira) e acrescente os demais ingredientes, misturando bem. 😋

tabule de quinoa

Bolinhos de atum

Mais prática impossível!
Receitinha pro jantar daqueles dias em que a disposição para a cozinha é mínima ou nula! 😉

bolinhos de atum

Ingredientes:
– 1 lata de atum em óleo (escorrer bem)
– 2/3 xícara de aveia em flocos (substituir pela versão sem glúten se for intolerante)
– 1/2 cebola
– 1 tomate pequeno
– 1 dente de alho grande
– Sal marinho ou do himalaia (pouco – o atum já é salgado)
– Salsinha e/ou cebolinha – a gosto
– Pimenta (opcional)

Modo de Preparo
– Misture os ingredientes em uma travessa. Faça os bolinhos. Leve ao forno médio (pré-aquecido) até que fiquem dourados (tempo médio 20 minutos).

Jantar: refeição ou lanche?

Muitas pessoas tem essa dúvida e outras tantas tem a CERTEZA de que o melhor é lanchar a noite.
Tanto que já ouvi muitas vezes o seguinte: “Doutora não sei como engordo! Já cortei o jantar!”

E você o que acha?

Bom, essa história de que jantar (no sentido de refeição) engorda é um grande MITO! Tudo vai depender das suas escolhas nesse jantar e das quantidades.

E o que faz ganhar peso é o dia inteiro viu gente? Coitado do jantar levando toda a culpa…

Essa refeição é muito importante para termos nossos níveis de açúcar no sangue equilibrados durante a noite (fundamental para o emagrecimento, qualidade do sono e saciedade) e nos fornece nutrientes importantes para acordarmos bem e dispostos para o trabalho, estudo ou atividade física.

Vamos ao comparativo entre as opções de jantar então:

Refeição

jantar refeição

É a melhor opção para o jantar, devendo ser priorizada sempre que possível.

Com um prato equilibrado no período noturno conseguimos ofertar:
-> Um volume elevado de saladas que vão fornecer fibras e nutrientes;
-> Uma opção de carboidrato, que deve ser preferencialmente um carboidrato complexo, que irá auxiliar na liberação lenta de açúcar como arroz integral, macarrão integral, batata doce ou inhame;
-> Uma porção de feijão, lentilha ou grão de bico (se já consome no almoço não precisa ter sempre) fonte de proteínas, ferro e fibras;
-> E finalmente, uma porção de carne magra, sendo que no jantar são preferíveis o frango, peixe ou ovo já que a carne vermelha tem uma digestão mais lenta.

Sem tempo ou sem vontade de cozinhar a noite?

É possível adaptar esse jantar por opções mais rápidas também, como por exemplo: omelete com vegetais e quinoa ou macarrão integral com atum e legumes.
Além disso a organização ajuda muito! Quando for cozinhar já prepare os alimentos em maior quantidade para ir consumindo ao longo da semana ou facilite o pré-preparo deixando os vegetais higienizados e as frutas picadinhas.

Sopa caseira

jantar sopa

Essa é outra opção muito boa também! Na sopa você pode seguir a mesma ideia da refeição: muitos vegetais, um BOM carboidrato e um frango ou ovo.

Só não vale temperar com caldos prontos heim! Vão encher a sopinha tão saudável de gordura, excesso de sódio e conservantes péssimos para a saúde como o glutamato monossódico.
Opte por temperos naturais: cebola, alho, temperos verdes, pimenta, gengibre, etc.

Vale preparar a sopa em maior quantidade e congelar para consumir outros dias.

Lanche

jantar-lanche

Considero o lanche uma boa opção naqueles dias de correria combinados com falta de organização. É uma opção válida para variar também, mas isso desde que o lanche seja saudável claro!

Opte por um bom pão integral (preferencialmente feito com farinha 100% integral), acrescente bastante salada e opte por uma boa proteína como ovo mexido, omelete, frango desfiado, atum, sardinha ou queijo cottage.

Gostou? Então faça boas escolhas no jantar por mim. 😉