Caldos prontos

Você usa caldos prontos? Aposto que você já sabe que eles não são saudáveis, acertei? Mas será que você sabe realmente o porquê?
Confere no vídeo de hoje e compartilha a informação com quem não sabe. 😉

É possível mudar nosso paladar?

papilas

“Não suporto café (ou chocolate) amargo. Tem que ser bem docinho.”

“Meus pais sempre me incentivaram a comer toda a sobremesa, por isso ainda não resisto a um docinho!”

E aí? Será que nosso paladar é assim mesmo, tem síndrome de Gabriela? “Eu nasci assim, eu cresci assim, eu sou mesmo assim…?”. 😛

A boa notícia é que não, nosso paladar é super adaptável!! o/

Temos ao longo da língua as papilas, que funcionam como receptores para diversos sabores: doce, amargo, azedo, salgado e umani.

Ao contrário do que muitos pensam é possível mudar o nosso paladar, já que as nossas papilas se renovam naturalmente num período de 7 a 10 dias, permitindo uma nova percepção dos sabores.

Um exemplo comum é com relação ao uso de caldos e temperos prontos na alimentação. Esses temperos são cheios de um conservante chamado Glutamato Monossódico, que tem como função excitar as nossas papilas gustativas, tornando o alimento que o contém mais palatável! Ao excluir esse tempero, por mais que se adicionem temperos naturais e o próprio sal é comum achar a comida “sem gosto” nos primeiros dias, até que se complete esse processo de renovação das papilas, quando então voltamos a sentir o verdadeiro gosto dos alimentos.

E pra quem acha que nutricionista já nasceu nutricionista se engana! 😛

Eu mesma já mudei MUITO as minhas preferências alimentares. Até já postei por aqui minha foto de infância gordinha: na época tomava refrigerante quase diariamente, comia 1 pacote de bolacha recheada por dia (sim!), ingeria frutas raramente e não suportava os vegetais mais amargos.

Hoje sinto ZERO FALTA de refrigerante e bolacha recheada, frutas e vegetais amargos estão no meu dia a dia, assim como não consigo mais adoçar o café e prefiro muito mais um chocolate amarguinho! <3

Que tal sair desse hábito de culpar o passado pelas suas preferências? Busque mudar e evoluir, não é tão difícil quanto parece! :*

Shoyu: como escolher?

shoyu

Gosta de usar molho shoyu?

A primeira coisa a saber é que se trata de um molho com MUITO sódio, que como vocês já sabem, se em excesso, está associado a aumento da pressão arterial, doenças cardiovasculares e inchaço corporal.
Portanto: moderação!

E outra questão não menos importante é saber escolher o melhor (ou menos pior) dentre as opções do mercado. E para isso, como sempre, o melhor é ler a lista de ingredientes!

Dá uma olhada na lista desses 2 molhos da imagem. O da esquerda possui bem mais ingredientes, incluindo vários com nome estranho, não é? Isso nunca é um bom sinal!
Já o da direita possui apenas 3 ingredientes sendo todos conhecidos! Bem melhor!

Cabe destacar 2 ingredientes péssimos para a saúde que são comuns nesse tipo de molho (além de em outros produtos como caldos prontos, sopas prontas, macarrão instantâneo, dentre outros) e que você deve fugir:

Glutamato monossódico: Substância que tem como função intensificar o sabor (especialmente o salgado) do alimento através da excitação das papilas gustativas. Quanto mais você consome alimentos com glutamato mais tende a preferir essas opções e achar frutas/verduras muito “sem graça”.
Esse realçador tem sido associado a alterações em Sistema Nervoso Central, levando a quadros de enxaqueca, confusão mental, perda da memória e cognição.
Além de estar bastante relacionado a sintomas digestivos como azia, gastrite e refluxo.

Corante caramelo: Corante considerado possivelmente cancerígeno desde que estudo americano encontrou associação entre seu consumo por ratos e aumento na incidência de câncer.
Presente também na Coca-cola!