Orgânicos

Consumir vegetais e frutas orgânicos é uma alternativa mais saudável, certo? Mas você sabe o porque? Entenda no vídeo! 😉

Experimenta!

Quando foi a última vez que você experimentou um alimento que NÃO gosta
👉 Heim? Tá doida nutri? Se eu não gosto eu não como! 😓

É claro que não precisamos gostar de tudo! É normal não gostarmos de um ou outro alimento.
Porém o que observo com muuuita frequência (mesmo!) são adultos com um costume bastante infantil: dizer que não gostam de algo que NUNCA comeram ou que experimentaram há muuuuito tempo!
O que quero te dizer é que o nosso paladar é mutável! Sempre é possível apreciarmos (de verdade! ) alimentos que antes detestávamos. Às vezes basta apenas insistir ou experimentar de outra forma.

Essa manga aí da foto é exatamente sobre isso. Se alguém me perguntasse há 1 ano eu diria que manga era uma das únicas frutas que não gostava. Se me perguntassem há uns 2 meses diria que até poderia comer, mas não morria de amores. E se me perguntar hoje? Bom, hoje eu adoro manga! 😋😍

manga
E esse é apenas um dos muitos alimentos que aprendi a comer e a apreciar!
Insiste! Que tal experimentar algo novo (ou antes rejeitado) nesse final de semana? 😉😘

5 Dicas para Turbinar a sua Imunidade

Com esse tempinho frio (e chuvoso 🙁 ) de Floripa tenho ouvido de muitos pacientes e colegas a mesma queixa: a queda na imunidade. E aí muitos me dizem: “Ah Ana, to na terceira gripe mas é normal né?” Ou “To com coriza há 3 semanas mas é assim mesmo…”.

gripe

Não, se você tem ficado doente com muita frequência algo não está normal! Vou te dar 5 Dicas bem importantes pra reforçar a imunidade:

1) Mantenha um consumo frequente e variado de frutas, saladas e legumes: quanto mais colorido melhor!
Tenho visto muitas pessoas excluindo as frutas nessa época por “preguiça” e substituindo apenas por pães ou biscoitos. Nãããoooo!! Pães/biscoitos não vão te ofertar praticamente nada de nutrientes, não vão contribuir pra tua saúde e muito menos fornecer substrato pra que o teu corpo consiga produzir defesas contra invasores (contra o vírus da gripe por exemplo).

2) Mantenha um consumo frequente de fontes de vitamina C.
Não, aquelas megadoses de vitamina C da farmácia não são efetivas… apenas deixam seu xixi muito rico em vitamina! Mas ingerir frutas ricas em vitamina C no dia a dia é fundamental pra manter a imunidade sempre em alta. Alguns exemplos: kiwi, morango, limão, laranja, acerola, vergamota, etc.

3) Evite leite e derivados se você está com gripe!
O leite e os seus derivados aumentam a produção de muco, aumentando secreção mucosa em nariz, garganta e piorando o desconforto.

4) Não abandone a água!
Tomar menos água afeta o funcionamento do nosso corpo como um todo (somos 70% água, lembra?), inclusive o nosso sistema respiratório. Se não ingerimos água o muco das vias nasais fica menos fluido com a falta de água, facilitando a entrada de vírus e bactérias, causadores de doenças. Deixe uma garrafinha por perto e vá bebendo ao longo do dia, mesmo sem sede! A sede já é um sinal de desidratação.

5) Não abandone o exercício!
A atividade física também é fundamental pra que possamos ter uma boa imunidade. Além disso, se você tem o objetivo de emagrecer, a boa notícia é que a atividade física no inverno acelera ainda mais o metabolismo que em temperaturas mais quentes já que nosso corpo precisa “fazer mais esforço” pra manter sua temperatura.

Espero ter contribuído pelo menos um pouquinho pra ver todos vocês bem no inverno, aproveitando o que ele tem de bom (ai como eu gosto! <3 ).
Tem seguido as minhas dicas e mesmo assim tem gripado muito? Consulte um nutricionista! Existem várias outras causas (como deficiência de alguns nutrientes) que podem levar a essa queda de imunidade.

Beijo da Nutri!

Agrotóxicos: quais os malefícios e como fugir?

agrotóxicos

Quanto mais estudos são publicados sobre os agrotóxicos… mais motivos temos para ficar alarmados.

Hoje consumimos no Brasil cerca de 5,2l de agrotóxicos por ano!! Por aqui temos cerca de 400 tipos de agrotóxicos registrados, sendo pelo menos 14 destes proibidos no restante do mundo!

Agrotóxicos contém uma série de substâncias estranhas ao nosso organismo cuja dose não é elevada a ponto de causar uma intoxicação aguda. Porém os sintomas da exposição prolongada aos mesmos vem com o passar dos anos.

Alguns exemplos:
– Efeitos neurotóxicos
– Déficit cognitivo
– Transtorno de déficit de atenção e hiperatividade
– Asma
– Disbiose intestinal
– Obesidade
– Câncer

Além de estar presente nos alimentos in natura (frutas e verduras) está presente também nos alimentos industrializados que contém soja, trigo… também nas carnes e no leite.

A saída?
Não temos meios de higienização suficientemente bons para eliminar os agrotóxicos, portanto a alternativa é mesmo tentar consumir o máximo de alimentos orgânicos possível, especialmente com relação aos alimentos comprovadamente mais contaminados, como pimentão, tomate, morango, folhosos, abobrinha, etc.
Em feiras os produtos orgânicos já tido preços bem mais acessíveis do que há alguns anos e essas feiras tem se difundido cada vez mais! o/

Os orgânicos tem ainda a grande vantagem de serem mais nutritivos. Por terem que se defender das agressões do meio sozinhos (sem o auxílio dos agrotóxicos) acabam produzindo mais antioxidantes como flavonóides, ácidos fenólicos, vitaminas C e E, beneficiando mais a nossa saúde.

Mas e o que não consigo comer orgânico?
Na minha humilde opinião? Sem neura! Coma assim mesmo! As frutas por exemplo são cheias de vitaminas e minerais, não são apenas agrotóxicos. Então muito melhor optar por frutas e sucos não orgânicos que por bolachas artificiais ou sucos de pacote!!