Feijão: o vilão

Feijão: o vilão da vez!

feijão 2
Temido causador de gases, inchaço… desconhecido por nossos antepassados… culpado por ganho de peso… e claro, abandonado e rechaçado por toda personalidade fitness que se preze!!

A nutri tá doida?
Infelizmente não meu povo! 🙁 Nosso querido feijãozinho de cada dia tem virado mais um vilão em meio ao terrorismo nutricional que vemos por aí!

Mas hoje quero te dizer que não temos motivo para temer o feijão! Vamos à defesa do feijão? 😉

– Se você sente inchaço e excesso de desconforto com o feijão, provavelmente o problema está no seu intestino e você pode precisar tratar uma disbiose intestinal. Converse com seu nutri! Existem também estratégias no preparo do feijão que reduzem a sua fermentação.

– O feijão é uma excelente fonte proteica (especialmente se combinado com o arroz), fonte de carboidrato do tipo amido resistente e fonte de fibras. Portanto, ajuda a controlar o índice glicêmico da refeição: excelente estratégia para diabéticos e para quem busca saciedade, energia e… emagrecimento!

– Seu teor de fibras e de antioxidantes também ajuda a controlar os níveis de colesterol e se associa a adequado funcionamento intestinal e prevenção de câncer de intestino!

– É fonte ainda de muitas vitaminas importantes, como ferro, zinco, cálcio, magnésio e vitaminas do complexo B.

Todos os tipos de feijão são nutritivos e saudáveis, mas tem composição nutricional variada!
Vale a pena rodiziar os tipos de feijão utilizados e também variar essa leguminosa com outras da mesma família, como a lentilha, o grão de bico e a ervilha.