Viajar sem engordar?

Perguntei hoje no stories se vocês costumam ganhar peso quando viajam. O resultado foi o mesmo que eu observo no consultório: a maioria ganha sim peso, as vezes pouco, as vezes bastante! 
E se eu te disser que não precisa ser assim? Que com alguns cuidados você volta tranquila com a balança? 
Eu mesma nunca ganhei peso em viagem, mesmo recentemente, em resort all inclusive! 

Mas não estou falando pra te dar inveja nem nada, mas pra te ajudar a ter o mesmo resultado na próxima viagem! 

viagem

 Faça um café da manhã saudável! Você apenas começou o dia! Está muito cedo para comer besteiras, frituras… aproveita que todo hotel tem frutas, ovos, quem sabe um bolinho integral… 
 Se for bater perna e demorar até fazer outra refeição carregue com você lanches saudáveis que vão te ajudar a não chegar na refeição seguinte com fome demais. Vale pegar uma fruta do hotel e levar ou optar por carregar castanhas!
 Capricha na água! Muitas vezes as sensações de sede e fome se confundem! Além de ser fundamental pra ter boa disposição e não ter dor de cabeça.
 Garanta meio prato de salada! Pelo menos no almoço. Dessa forma a fome fica mais controlada no período da tarde e você garante uma boa dose de nutrientes.
  Mexa-se! Se a viagem incluir bastante andança… ótimo! Se for como a minha que convidava a ficar deitada na sombra tomando drinks… não caia (sempre) nessa tentação.  Intercalei drinks e comidas menos saudáveis com caiaque, hidroginástica e axé! 
 Não menos importante: Não deixe de experimentar comidas típicas por não serem saudáveis! Aproveite! Escolha algumas opções que tem mais vontade de provar e procure intercalar com opções mais nutritivas. 

Curtiu as dicas? Me conta se achou fácil ou difícil seguir esses passos na próxima viagem!

Vale a pena?

engordar

Pode substituir engordar pelo seu objetivo. Vale a pena prejudicar minha saúde? Meu ganho de massa magra?

 Sempre explico aos meus pacientes que podemos fazer exceções sim, desde que planejadas e bem pensadas!
 Não vale “queimar cartucho” à toa com qualquer coisa: qualquer balinha, biscoito, sobremesa meia boca ou pior: com aquele falso saudável!
 Mas se for aquela besteirinha ou preparação não tão saudável, mas que você AMA, que te trará momentos de bastante prazer em companhia de sua família ou amigos… porque não se planejar e incluí-la eventualmente?
 Alimentação saudável não é escravidão! É equilíbrio e é pra sempre! Por isso são fundamentais estratégias que te ajudem a manter a reeducação alimentar a longo prazo.

Então é Natal…

natal

Natal se aproximando e o assunto no consultório não podia ser outro:
“Nutri o estrago vai ser grande, vou ter várias festas!”
“Natal vai ser dieta de engorda”
“Ano que vem volto pra você me ajudar a eliminar o prejuízo”…

E por outro lado, vão pipocando nas mídias sociais alternativas de cardápios saudáveis para essas datas.

E aí?
Dá pra ter uma ceia de Natal e de Reveillon saudável? COM CERTEZA!

Até porque quem faz reeducação alimentar aprende que é totalmente possível comer com saúde e ao mesmo tempo com muito prazer e sabor!

Mas essa é a questão central? COM CERTEZA NÃO!

Se você se alimenta com saúde o ano inteiro essas 2 ceias não vão te atrapalhar em absolutamente NADA!

Portanto: Pare de culpar o Natal pelos seus excessos!

Lembre em primeiro lugar que essas datas devem ter como foco estar com a sua família e/ou amigos e que a comida do mundo não vai acabar em 2016!

Dito isso, procure manter as demais refeições do dia normalmente: comendo a cada 3 horas, com frutas, saladas, alimentos integrais, fontes de gordura boa, muita água, etc.
E nas ceias (noite de 24 e noite de 31) coma e aproveite com a sua família! No dia seguinte retoma! Simples assim! 😉