Carne vermelha pode?

Uma das preferências gerais da nação, especialmente aos finais de semana, é ela: a carne vermelha! Não é? 😉

carne vermelha

E aí, será que pode comer a vontade? Ou tem alguma contra-indicação?

Quando falamos em carnes vermelhas o foco é na MODERAÇÃO! Isso por alguns pontos:

1) É a proteína animal com maiores teores de gordura saturada (atenção para risco cardiovascular!)
2) Consumo exagerado de carne vermelha está associado a disbiose – aumento da proliferação de bactérias maléficas e redução das benéficas
3) Estudos associam o consumo excessivo de carne vermelha com risco aumentado de câncer, sobretudo câncer de intestino

Nutri, e vantagem, não tem nenhuma?
Tem sim! É fonte de zinco, vitamina B12 e a principal fonte de ferro. Seu consumo é interessante sobretudo para mulheres em idade fértil, que menstruam mensalmente e portanto tem necessidades mais elevadas de ferro e para gestantes.
Mas também nesses casos a moderação é recomendada!

Considerando uma pessoa que faz refeição salgada no almoço e no jantar, a recomendação é que o consumo de carne vermelha não ultrapasse 3 porções por semana.
Essa recomendação pode ser inferior caso existam fatores de risco!

Nas demais refeições é preferível optar por peixes, frango, ovos ou mesmo proteínas vegetais como cogumelos e feijões.

Vale lembrar que para aproveitar os benefícios de qualquer alimento, especialmente de alimentos com digestão mais difícil – como a carne vermelha, precisamos ter um sistema digestório eficiente: estômago com produção adequada de ácido e enzimas e intestino íntegro e sem disbiose.

“Você é o que você come, digere e absorve!”