Arroz parboilizado: pode?

Hoje foi dia de mercado aí também?
E se eu te contar que o arroz branco ou parboilizado não precisa – necessariamente – sair da tua lista de compras (e do teu prato)?

 Sim, é verdade que o arroz parboilizado e o branco têm um índice glicêmico mais elevado em comparação ao integral. O que a princípio causa pico de glicose e insulina com maior velocidade, levando a menos saciedade.

 Massssss a carga glicêmica da refeição com arroz já não será a mesma se esse arroz for feito com legumes (olha o arroz com brócolis ali no meu prato) e nem se consumimos outros alimentos que também reduzem o índice glicêmico na mesma refeição (é o caso das saladas com azeite de oliva, do feijão, do frango…).

 Lembre-se: não existe alimento vilão. Não existe alimento proibido. Existem refeições equilibradas e combinações mais ou menos interessantes pra você. 😉

Pode arroz parboilizado?

arroz

Jantinha de ontem: Saladinha com azeite extra-virgem Risoto de arroz parboilizado e frango muuuuito bem temperadinho (cebola, alho, tomate, brócolis, espinafre, sal, pimenta, curry e cebolinha) 😍

Oi? Nutri? Eu li arroz parboilizado? Pode? 😱😱

👉 Deixa eu te explicar uma coisa! Os alimentos individualmente tem o seu índice glicêmico, ou seja, a sua velocidade de liberação de açúcar e pico de insulina no corpo.
👉 Há muitos estudos comprovando que priorizar alimentos com baixo índice glicêmico favorece (dentre outras coisas) o emagrecimento!
👉 Porém o que acontece em uma refeição mista é que o efeito no nosso corpo não será daquele carboidrato isolado, mas sim, da carga glicêmica da refeição como um todo!
👉 Assim, não é necessário se martirizar por consumir um carboidrato não tão bom assim se ele estiver Unido a outros ingredientes que reduzem a carga glicêmica da refeição. Alguns exemplos? Fibras (como das saladas cruas e vegetais da minha refeição), proteína (frango) e gorduras boas (azeite). 😉😘