Anemia

Você recebeu o diagnóstico de anemia? Saiba o que fazer!

Porque não tenho disposição?

Cá estou eu, no meio do feriadão de Carnaval, pra te perguntar se está faltando disposição para curtir a folia?  Gravei um vídeo contando as principais causas de má disposição. Confere!

Ferro na Gestação

ferro

Fotinho de uma refeição dessa semana… mandando ver nas fontes de ferro!
 Ter um consumo elevado de ferro na gestação é MUITO importante! Se a necessidade de ferro das mulheres em idade fértil já é elevada (cerca de 18mg), na gestação se torna ainda maior (cerca de 27mg/dia) e mais difícil de ser alcançada!
 Essa necessidade se justifica pelo aumento significativo de sangue na gestação e também pela necessidade de ferro para o crescimento e desenvolvimento do bebê e da placenta.

 Nesse prato temos ferro do tipo Heme, que é mais facilmente absorvido e está presente na carne, frango e peixe e também o ferro do tipo Não – Heme, presente nos folhosos verde escuros e no feijão e cuja absorção é menor.
 Para aumentar a absorção do ferro não heme associe na mesma refeição que tenha ferro, fontes de vitamina C (no meu caso caprichei no limão no kibe) e evite associar a essas refeições (ou logo em seguida) fontes de leite e derivados e fontes de cafeína, os quais prejudicam a absorção do ferro!

 Mesmo assim pode ser necessário suplementar ferro e outros nutrientes importantes para a prevenção ou tratamento da anemia gestacional. Converse com o seu nutricionista! 😘

Vitamina B12

B12

A vitamina B12 ou cobalamina é uma vitamina hidrossolúvel presente nas carnes, frango, peixe, ovos, leite e derivados.

Para que a sua absorção seja eficiente é necessário que haja acidez estomacal, que essa B12 se ligue a uma molécula produzida no estômago chamada de fator intrínseco anti-anêmico e finalmente, que seja absorvida no final do intestino, no íleo.

Sua deficiência é bastante recorrente em vegetarianos e veganos, que por não ingerirem as fontes dessa vitamina precisam fazer suplementá-la.

Mas por sua particularidade de absorção, é comum a deficiência também em pacientes que consomem carnes e leite, mas com alterações gástricas ou intestinais. Alguns exemplos:
– Pessoas com atrofia das células gástricas ou com baixa acidez estomacal (comum em idosos e em pessoas que fazem uso prolongado de inibidores da bomba de prótons – aquelas medicações para reduzir acidez estomacal);
– Pessoas com disbiose intestinal (alteração da microbiota);
– Pessoas que realizaram ressecção gástrica ou intestinal;
– Pacientes pós cirurgia bariátrica.

A deficiência de vitamina B12 causa a chamada anemia megaloblástica, cujos sintomas são bastante similares ao da anemia ferropriva: cansaço, dor muscular, sonolência, raciocínio prejudicado, etc.

É simples verificar a deficiência dessa vitamina através de exame de sangue. Converse com seu nutricionista ou médico para verificar e tratar se necessário.