Bebida alcoólica: pode?

É sexta-feira, final de semana… e a marvada aparece! Não é? 🙈

 Se você está em busca de emagrecimento ou hipertrofia: não vou te enrolar. Sim, o álcool atrapalha bastante!

 Temos em cada grama de álcool 7kcal. Mais que o carboidrato e as proteínas (que tem 4kcal!). Boa parte dessas “calorias vazias” vão ser acumuladas na forma de gordura. Além disso álcool se associa a desidratação e a piora da microbiota intestinal!

 Credo! Não pode beber então? 😧

 Eu penso que se você gosta (eu também gosto!) pode sim. Com moderação e com CONSCIENTIZAÇÃO!

 Sabe o que falamos sobre prestar atenção nas exceções alimentares? Escolher bem, avaliar se realmente está com fome, se realmente está com vontade de comer aquela besteira e se não está comendo por impulso?

 Essa mesma consciência deve acompanhar a escolha da bebida alcoólica. Não beber simplesmente porque todo mundo está bebendo. Não beber qualquer coisa. E sobretudo: não beber até cair.

 Bebida alcoólica também deve ser escolhida, observada e saboreada!!

 Portanto: curte, bebe algo bom, devagarinho, sente o sabor, intercala com água (ou água de coco, água com gás, Kombucha…) e seja feliz! Você não precisa de álcool pra isso! 😝😘

Kombucha

Você conhece uma bebida chamada kombucha?

 A kombucha é um chá (verde ou preto) fermentado por bactérias e leveduras específicas, se caracterizando como uma bebida com probióticos, ou seja, uma fonte de bactérias boas!

 Na produção temos o chá, as bactérias e leveduras e é acrescentado açúcar. Porém esse açúcar é utilizado para o desenvolvimento da colônia. Restando quase nada no momento do consumo.

 O produto final é uma bebida gaseificada, levemente ácida e adocicada.

 Os benefícios são muitos: temos muitos fitoquímicos do chá, melhora da função intestinal, auxílio no emagrecimento, aumento da imunidade, auxílio no controle de infecções urinárias ou candidíase de repetição… e por aí vai! 

 É possível comprar pela internet a “panqueca” de bactérias (o scoby) e fazer sua kombucha em casa ou então comprar pronta a versão tradicional ou saborizada! Algumas sabores lembram uma cerveja ou champagne, podendo ser uma alternativa para quem quer beber algo diferente em eventos sociais e fugir do álcool! 😉

Álcool na gravidez

Pode ingerir álcool na gravidez?
Confere aqui sobre o assunto e compartilha com a sua amiga grávida!