Gelatina – amiga ou inimiga da saúde?

gelatinas

Apareceu uma dieta de famoso na revista lá vem ela: a gelatina como opção inofensiva de sobremesa ou lanche – boa opção para “enganar a fome”, pobre em calorias, pobre em gorduras e ainda rica em colágeno, ótima opção pra firmar a pele, certo?

Pura propaganda enganosa pessoal!

A gelatina na verdade é um amontoado de proteína animal (ossos, tendões e pele na verdade!) de difícil digestibilidade, corantes, conservantes e MUITO açúcar ou adoçantes (leia no post abaixo sobre os adoçantes!).

O nosso corpo não entende calorias! Ele não fica somando o que entra! Ele entende nutrientes – nutrientes bons e úteis são utilizados – nutrientes estranhos são acumulados gerando inflamação e obesidade.

É o efeito dos corantes, conservantes e adulcorantes presentes na gelatina que agem como xenobióticos – substâncias que por serem estranhas ao nosso organismo são reconhecidas como toxinas e vão se acumulando em nossas moléculas de gordura levando a aumento de inflamação no tecido adiposo e consequentemente a obesidade.

Ser pobre em gordura também não é nenhum motivo de orgulho. Precisamos de gordura e se de boas fontes e em quantidades adequadas elas serão fundamentais para o emagrecimento (tema pra outro post!)

Mas e o colágeno?

Em primeiro lugar a quantidade de colágeno presente em uma gelatina não é tão significativa – são cerca de 2g, sendo que os estudos tem apresentado resultados positivos com cerca de 10g/dia.
E em segundo lugar não é só de colágeno (puro) que se vive a pele. Equilíbrio entre os aminoácidos (proteína) da dieta, bem como a inclusão de nutrientes como vitamina C e silício (na alimentação ou como suplementação) trazem resultados muito melhores.

Apesar de tudo isso você gosta de muito de gelatina?
Então substitui por uma opção saudável, o ágar-ágar: tem origem vegetal (algas) e contém fibras ajudando no funcionamento intestinal e no aumento da saciedade. Pode ser misturado com suco de frutas (natural ou suco de uva integral).

Segue uma receitinha:

gelatina_agar_uva

Ingredientes:
– 1 colher de sopa de alga agar-agar em pó (à venda em lojas de produtos naturais ou lojas de produtos orientais)
– 200ml de água fria
– 400ml de suco concentrado de uva integral

Instruções:
– Dissolva o agar-agar na água fria e leve ao fogo brando. Ferva por aproximadamente 1 minuto.
– Espere esfriar um pouco, junte o suco de uva, misture bem. Pode ser servida em potes individuais.

Prontinho! 😉