Cólicas no bebê

cólica

O assunto é polêmico e controverso! O que algumas mães comem sem perceber nenhuma relação de cólica no bebê, outras mães podem comer e perceber agravamento dos sintomas!

 Em primeiro lugar é importante ter consciência de que as cólicas são normais! O bebê tem o trato gastrointestinal imaturo! Os sintomas costumam ter início com cerca de 15 dias de vida e podem se prolongar até os 3-4 meses. Assim como há bebês que simplesmente não sofrem com cólicas! Sem regras assim!

Vamos ao resumo dos alimentos com maior relação com as cólicas:

 Embutidos como salsicha, presunto e produtos com excesso de corantes e conservantes. Refrigerantes e açúcar. Frituras e alimentos gordurosos de modo geral  Grupo com digestão difícil. Vale a pena excluir!

 Fontes de cafeína. Vale moderar o consumo!

 Alimentos que fermentam mais: feijão, lentilha, grão de bico, cebola, batata doce, brócolis, repolho… nesse caso vale a pena moderar (não consumir vários deles em uma mesma refeição) e observar. Algumas mulheres precisarão evitá-los, outras não! Preparar em água esses vegetais e deixar as leguminosas de molho antes do preparo reduz bastante a fermentação!

 Cítricos como laranja e limão: observar!

 Finalmente: alimentos que a mãe não aceite bem! Aqueles alimentos que causam desconforto e gases na mãe tendem a causar os mesmos sintomas no bebê. Destaque aqui para o leite e os derivados! 


 Por outro lado, ajudam a aliviar a cólica: mãe tranquila que amamenta em livre demanda, muito colo, sling, banho de balde, bolsa aquecida na barriguinha, massagens… e muito amor! 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *