Sementes de abóbora

Você joga as sementes de abóbora fora?

Pois não deveria!

São fontes de fibras, gordura boa, proteína, fontes de cálcio, zinco, potássio, vitaminas do complexo B, tem potente ação antiinflamatória e há muitos anos são conhecidas como vermífugos naturais!

Além disso: rendem um petisco super gostoso! 😋
Pra isso basta torrar as sementes secas e temperadas (sugiro azeite, pouco sal, curry e pimenta caiena) na frigideira antiaderente ou no forno (em temperatura alta até dourar – bem rapidinho!).

Outra opção ainda é utilizar as sementes torradas na forma de farinha! Nesse caso após torrar você liquidifica!

Aliás, essa dica da farinha tem tudo a ver com o post de ontem… nem só de farinha de amêndoas vivem receitas low carb. Que tal usar farinha de semente de abóbora e baratear bastante sua receita? 😉😘

Dieta do Glamour?

As pessoas geralmente acreditam que fazer dieta é caro!

Que um plano alimentar com nutricionista inclui achocolatado caro, whey caro, petiscos caros, muitas (e caras) suplementações. Que Nutrição Funcional é sinônimo de
glamourização.

Eu não acredito nisso. Essa não é a minha verdade! Acredito que um plano alimentar deve ser adaptado a realidade de cada um. E isso inclui a realidade do bolso!

Não dá pra colocar castanhas? Vamos comer coco e abacate!
Não dá pra usar suplementação de ômega 3? Vamos comer mais sardinha!
SEMPRE tem alternativa!
Talvez te faça cozinhar mais, se organizar mais. Mas não é difícil ou caro como você talvez pense. É comer mais comida de verdade! O famoso descascar mais e desembalar menos.

Em tempos de glamourização da alimentação pode parecer impressionante. Mas o básico funciona muito e é capaz de trazer grandes transformações!

Se mais pessoas pensassem assim teríamos mais pessoas saudáveis! Teríamos menos obesidade. Mais simplicidade. Mais alimentação saudável a longo prazo. Menos dieta! Mais cozinha. Menos pacotinho. Mais comida. Menos remédio. 🙏

E você, no que acredita? 😉

Endometriose

Nem só de romance vivemos! Né? 😝

Por isso hoje vou começar a responder as dúvidas que recebi no meu vídeo semana passada (responde lá – ainda dá tempo! 🤗) e começo por essa: Endometriose!

Essa já foi uma doença bem mais desconhecida. Infelizmente hoje é bastante comum! Nela ocorre a proliferação do endométrio fora da cavidade uterina, podendo até mesmo invadir bexiga e/ou intestino.

Não se sabe exatamente a causa, mas se acredita em uma combinação de fatores como hereditariedade e exposição a contaminantes ambientais, como os ftalatos.

A endometriose se associa a redução na fertilidade, podendo prejudicar mais ou menos dependendo da sua gravidade. Aumenta ainda o risco de câncer de ovário e de mama.

O tratamento tradicional é medicamentoso e/ou cirúrgico. Mas atualmente sabemos que a Nutrição pode auxiliar muito na prevenção, no tratamento e na melhora da fertilidade!

Alguns destaques do ponto de vista nutricional:
✔️ Importante garantir níveis ótimos de vitamina D (o que para a maioria de nós significa utilizar suplementação).
✔️ Por sua ação antiinflamatória o ômega 3 também é super importante. Tanto via alimentação quanto através de uma boa suplementação.
✔️ Fontes de magnésio também são importantes! Invista no consumo de verdes!
✔️ Ingerir alimentos com ação antiinflamatória e antioxidante é super importante. Alguns exemplos interessantes: cúrcuma (açafrão), gengibre, pimenta, chá verde.
✔️ Fugir dos industrializados e do açúcar!
✔️ Ter um peso saudável e praticar atividade física!
✔️ Ter um intestino saudável. A suplementação de probióticos (bactérias boas) e o consumo de prebióticos (fibras alimentares) é super indicado!

Mas Ana… não é fácil não heim! 😪
Não, não é. Mas quem sofre com endometriose sabe que a doença é ainda mais difícil e muitas vezes traz dores incapacitantes!
Procure um nutricionista funcional para te auxiliar nessa mudança de estilo de vida, de hábito alimentar e no uso de suplementações. 😊

PS: marca a sua amiga que sofre com endometriose. 😘

Gastrite

Você sente (ou já sentiu) sintomas como dor no estômago, queimação e má digestão? Você pode ter gastrite! Saiba como identificar, prevenir e tratar! 

Um pouquinho do meu passado

Final da infância/início de adolescência: aquela época em que a gente – naturalmente – tem milhares de dúvidas e neuras na cabeça.

Na época, junto a isso se somava a minha obesidade.
Na escola eu ouvia: baleia assassina, rolha de poço… (aos jovens: na época se falava isso e bullying era comum… 31 anos migos 😂). E em casa eu também ouvia: boto cor de rosa! 🙄😔

E eu? Respondia. Revidava. Xingava de volta.

Mas a verdade é que depois eu chorava. Me sentia péssima. Tinha vergonha. Me escondia. Pensava se algum dia alguém gostaria de mim daquele jeito. E aí comia mais!

Não lembro exatamente o ponto em que senti a urgência da mudança. Mas ela veio! Eu precisava fazer algo por mim. Só eu podia fazer isso.

Na época (no auge da minha maturidade de 12 anos) pedi para a minha mãe uma esteira de Natal. Comecei a caminhar, a não comer besteiras (bolacha recheada e refrigerante eram comuns na época) e a tentar reduzir a quantidade.

Ninguém me mandou fazer isso. Pelo contrário. Meus pais diziam que eu era “bonita gordinha” e o que não faltava era bolacha recheada nos armários.

Mas eu consegui. Num processo lento e gradual fui reduzindo besteiras e acrescentando mais frutas e vegetais na minha rotina. Fui melhorando minha relação com a alimentação. Fui melhorando minha relação comigo mesma.

O que eu quero te dizer com tudo isso? Que se eu consegui, sem muito apoio e sem muita maturidade, você também consegue!
Não é fácil! Não é rápido! Não existe milagre!
Só funciona quando chega o SEU momento de mudar e você decide que não tem mais volta.

Desejo que você consiga a mesma mudança que eu consegui. Profunda e para sempre!! 🙏😘

 

Bolo de frigideira de Banana

Mais uma sugestão de Bolo de frigideira por aqui… até porque um é pouco e dois é bom né! hehe

 Bolinho de frigideira de banana


 Ingredientes:
 1 banana amassada
 2 ovos
 1 colher de sopa de aveia
 1 colher de sopa de farinha de coco
 1 colher de chá de açúcar de coco (pode colocar mais se quiser mais docinho ou substituir por açúcar demerara ou mascavo)
 1 colher de chá (rasa) de fermento

 Preparo:
Amasse a banana e misture todos os ingredientes. Unte uma frigideira antiaderente tipo omeleteira (mais fácil pra virar depois), distribua a massa e tampe. Deixe em fogo bem baixo. Depois vire até assar também do outro lado.
Por cima fui de pasta de amendoim e nibs de cacau.

Que tal? Prepara e me conta!

Bolo de Banana e Amendoim de frigideira

Quem não ama um bolo? Fácil e de frigideira então! Acho que tenho um novo vício por aqui! 😂
Bolinho de banana e amendoim de frigideira! 😋😍
Receitinha da @faridacortez , que arrasa sempre!

 Bolo de banana e amendoim de frigideira
 Ingredientes:
 1 ovo grande
 1 colher de sopa de pasta de amendoim pura
 2 colheres de sopa de farelo ou flocos de aveia
 1 colher de chá de açúcar mascavo, demerara ou de coco (usei o de coco)
 1 colher de café de canela
 1 colher de café de fermento
 1 banana madura

 Preparo:
Bata os ovos e misture com os demais ingredientes, exceto a banana.
Unte com óleo de coco uma frigideira antiaderente tipo omeleteira. Fatie a banana longitudinalmente, disponha na frigideira aquecida e distribua a massa sobre a banana.
Asse em fogo baixo, com a frigideira tampada.
Quando começar a conseguir desgrudar a massa vire-a (de novo: mais fácil com a omeleteira pra não partir) e termine de assar lentamente. 😋

Curtiu? Testa e me conta! 😘

Exceções

Me conta uma coisa: o final de semana costuma trazer exceções na sua rotina alimentar? O friozinho também?

Mas e aí, como lidar com as exceções na alimentação saudável sem prejudicar o resultado que você deseja ou a sua saúde? Confere no vídeo da semana!