Mindful eating

Na última semana falamos no encontro do grupo @desafioemcasal sobre compulsão, saciedade e sobre a técnica Mindful eating! Você já ouviu falar?

 O Mindful eating vem de Mindfulness, que significa Atenção Plena. Ou seja: buscar estar o mais presente possível no momento atual. Sem ficar vagando entre o passado e o futuro. Sem fazer as coisas no automático. Sem tentar resolver mil coisas ao mesmo tempo. Apenas vivendo/curtindo/resolvendo o agora. Difícil nos dias de hoje?

 Ana e qual a relação disso com comida?

TOTAL 
É super comum comermos sem prestar atenção! Não é? Comemos por tédio, por ansiedade, por tristeza. Comemos pensando em problemas, comemos trabalhando, bisbilhotando a vida alheia… no sofá, olhando celular, no computador, na tv.

 E aí? Comeu devagar? Sentiu o sabor de cada um dos alimentos que estava no prato? Estava gostoso? Como você se sentiu durante essa refeição? E depois? Você parou quando se sentiu saciado?

 Entende como o momento da refeição se torna diferente se nós nos propormos a realmente estar presentes naquele momento? Como vai ser difícil comer apenas por comer ou comer excessivamente quando aplicamos essa técnica?

 Se você sofre com episódios de compulsão alimentar recomendo pesquisar sobre Mindful eating e sobretudo… aplicar! Quem sabe em uma refeição do dia pra começar? 😉

 Alguém aí já aplicou alguma vez ou tenta aplicar com frequência essa técnica? Conta pra gente!

Coentro

Olha aí o coentro crescendo firme e forte com a cebolinha na minha hortinha! 

Estou chocada que a maioria de vocês ama coentro (pelo menos quem está respondendo no stories)! 

Eu não morro de amores… mas já que ela está assim tão cheia de vida 😂 e traz tantos benefícios, vamos dar uma chance né! 😅

E que benefícios são esses?

O coentro é conhecido especialmente por seu potencial de estimular a desintoxicação, se ligando a metais pesados como chumbo, mercúrio e alumínio e auxiliando na sua eliminação.

É ainda fonte de vitaminas A, B, C e K e minerais como o ferro, cálcio, magnésio e potássio.

Possui propriedades digestivas, anti-náuseas, anti-gases, bacterianas, antisséptica, anti-inflamatórias, antioxidantes e diuréticas.

As folhas frescas devem ser colocadas no final da preparação. O coentro pode ser utilizado no preparo de peixes, aves, legumes ou molhos para saladas.

E você: Gosta? Costuma colocar em quais preparações?

Carboidrato: pode misturar?

Ah nutri, pode deixar que carboidrato eu não misturo. Quando é batata é só batata, quando é arroz, é só arroz! 

 E aí, será que não pode mesmo misturar os carboidratos?

 Na verdade… pode sim! 
Mas antes de sair comendo arroz com macarrão e farinha me escuta um pouquinho! 

 Cada pessoa tem uma determinada necessidade de carboidratos no dia. Isso vai variar de acordo com idade, peso, altura e principalmente de acordo com o nível, horário, tipo e frequência de prática de atividade física.

 Digamos que, especificamente para você e o seu objetivo, o seu nutricionista recomendou 4 colheres de sopa de arroz integral ou de batata doce no almoço. Nenhum problema nesse caso você comer 2 colheres de sopa de cada um nessa refeição. 😉

 Entende? O problema não está na mistura por si só, como muitas pessoas imaginam, e sim na quantidade total consumida e na qualidade dos carboidratos ingeridos.

 Mas atenção: nada de distorcer esse meu post e ir na casa da vó comer arroz, macarrão, maionese e farofa e achar que vai emagrecer! Ok? 😂😘

Azeite saborizado

Olhem só! Maioria que respondeu no stories nunca fez azeite saborizado! 😱

Sabe o que é?
Saborizar o azeite é, literalmente, dar sabor a ele! Podemos acrescentar dentes de alho (descasca e parte ao meio ou só faz um cortezinho), pimenta (1 ou 2… não recomendo exagerar… ouçam a voz da experiência! 🙈😂), orégano desidratado e/ou alecrim – como nesse meu lindão aí!

 Além de adicionar um sabor divino na salada e te ajudar a comer mais salada e com mais prazer ainda ganhamos uma série de benefícios presentes no alimento que acrescentamos.
Por exemplo: alho é excelente para controlar a pressão arterial, orégano e alecrim são ótimos digestivos, pimenta tem ação termogênica. Que tal colocar um pouquinho de cada? 😉

 Nesse caso eu aproveitei um vidrinho de pimenta, mas vale acrescentar os temperos no vidro do seu próprio frasco de azeite mesmo! Deixa descansar por uns 2 dias e depois começa a usar! 😉

Se fizer me conta o que achou! 😘

Ômega 3

Vamos falar sobre o ômega 3?
Suplemento famoso e muito utilizado!
Mas afinal: é pra todo mundo? Existem boas fontes na alimentação? Como escolher uma boa suplementação de ômega 3? Confere tudo isso no vídeo!

Pensamento crítico: você tem?

Você acompanha as novidades sobre saúde e emagrecimento pela internet?
Segue profissionais? E blogueiras?
Será que você tem um pensamento crítico com relação às informações que recebe?
Vem papear comigo!

Mousse de chocolate (simples!)

Mousse de chocolate com apenas 2 ingredientes!
Ah, e não é com abacate! 
Que tal? 

 Mousse de chocolate simples



 Ingredientes:
 100g de chocolate derretido (usei 70%)
 3 claras em neve

 Preparo:
Derreta o chocolate. Bata as claras em neve. Misture os dois delicadamente e deixe na geladeira até firmar (umas 2h).
Prontinho! 

 

Bebida alcoólica: pode?

É sexta-feira, final de semana… e a marvada aparece! Não é? 🙈

 Se você está em busca de emagrecimento ou hipertrofia: não vou te enrolar. Sim, o álcool atrapalha bastante!

 Temos em cada grama de álcool 7kcal. Mais que o carboidrato e as proteínas (que tem 4kcal!). Boa parte dessas “calorias vazias” vão ser acumuladas na forma de gordura. Além disso álcool se associa a desidratação e a piora da microbiota intestinal!

 Credo! Não pode beber então? 😧

 Eu penso que se você gosta (eu também gosto!) pode sim. Com moderação e com CONSCIENTIZAÇÃO!

 Sabe o que falamos sobre prestar atenção nas exceções alimentares? Escolher bem, avaliar se realmente está com fome, se realmente está com vontade de comer aquela besteira e se não está comendo por impulso?

 Essa mesma consciência deve acompanhar a escolha da bebida alcoólica. Não beber simplesmente porque todo mundo está bebendo. Não beber qualquer coisa. E sobretudo: não beber até cair.

 Bebida alcoólica também deve ser escolhida, observada e saboreada!!

 Portanto: curte, bebe algo bom, devagarinho, sente o sabor, intercala com água (ou água de coco, água com gás, Kombucha…) e seja feliz! Você não precisa de álcool pra isso! 😝😘

Kombucha

Você conhece uma bebida chamada kombucha?

 A kombucha é um chá (verde ou preto) fermentado por bactérias e leveduras específicas, se caracterizando como uma bebida com probióticos, ou seja, uma fonte de bactérias boas!

 Na produção temos o chá, as bactérias e leveduras e é acrescentado açúcar. Porém esse açúcar é utilizado para o desenvolvimento da colônia. Restando quase nada no momento do consumo.

 O produto final é uma bebida gaseificada, levemente ácida e adocicada.

 Os benefícios são muitos: temos muitos fitoquímicos do chá, melhora da função intestinal, auxílio no emagrecimento, aumento da imunidade, auxílio no controle de infecções urinárias ou candidíase de repetição… e por aí vai! 

 É possível comprar pela internet a “panqueca” de bactérias (o scoby) e fazer sua kombucha em casa ou então comprar pronta a versão tradicional ou saborizada! Algumas sabores lembram uma cerveja ou champagne, podendo ser uma alternativa para quem quer beber algo diferente em eventos sociais e fugir do álcool! 😉

Chips de Legumes

Quem não adora um Chips? Bem crocante e saboroso? 😋
O problema quando compramos prontos é que costuma ser frito! Então preparar em casa ainda é a melhor alternativa!

É bem simples! 

 Fatia o legume de sua escolha bem fininho (já fiz com batata, batata doce, abobrinha e beterraba) ou passa no ralador naquela partezinha do meio, sabe? (O modelo mais simples de ralador!)
 Em seguida pincela um pouco de azeite de oliva e os temperos da tua preferência (sal, pimenta, curry, páprica…)
 Aí leva pra assar separadinhos um do outro em forno alto. Quando estiver ficando sequinho vira pra assar do outro lado e deixa até dourar. É rapidinho. Uns 10-15 minutos.

Quem não adora um Chips? Bem crocante e saboroso? 😋O problema quando compramos prontos é que costuma ser frito! Então preparar em casa ainda é a melhor alternativa!É bem simples! 🤗 ⏩ Fatia o legume de sua escolha bem fininho (já fiz com batata, batata doce, abobrinha e beterraba) ou passa no ralador naquela partezinha do meio, sabe? (O modelo mais simples de ralador!)⏩ Em seguida pincela um pouco de azeite de oliva e os temperos da tua preferência (sal, pimenta, curry, páprica…)⏩ Aí leva pra assar separadinhos um do outro em forno alto. Quando estiver ficando sequinho vira pra assar do outro lado e deixa até dourar. É rapidinho. Uns 10-15 minutos. ⏩ Esse da foto especificamente foi o marido que fez e ele não usou nem óleo e nem tempero nenhum. Só passou a batata doce crua no ralador e colocou no forno. Pros preguiçosos de plantão: também dá certo. 😂😂

Publicado por Nutricionista Ana Melo em Terça-feira, 24 de abril de 2018

Esse da foto especificamente foi o marido que fez e ele não usou nem óleo e nem tempero nenhum. Só passou a batata doce crua no ralador e colocou no forno. Pros preguiçosos de plantão: também dá certo.